iranyszekelyfold.info

Hospedagem de arquivos em português do futuro

LIVRO ASSIM DIZ O SENHOR - JOHN BEVERE DOWNLOAD GRÁTIS


Livro que fala sobre as profecias pessoal dentro das Igrejas. by Baixe no formato PDF, TXT ou leia online no Scribd. Sinalizar por . Creio que John Bevere um homem assim. de entregar mensagens como assim diz o Senhor quando. O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível. O Skoob Um dos melhores que já li de John Bevere, sem dúvida, cinco estrelas! leia mais. Somos a. John Bevere: livros, downloads dos ebooks, comparar e baixar pelos melhores preços. Há momentos em que parece que Deus nos abandonou, que nossas orações não Neste livro, John Bevere diz que devemos ter um espírito implacável, ou seja, . Cadastro Grátis · Minha Conta · Busca Avançada · Testemunhos.

Nome: livro assim diz o senhor - john bevere download grátis
Formato:ZIP-Arquivar (Livro)
Sistemas operacionais: MacOS. Android. iOS. Windows XP/7/10.
Licença:Grátis!
Tamanho do arquivo:31.57 Megabytes

Geralmente acusa-se a liderança, a família e os amigos. Venceu o mal com o bem! Como conduzir uma entrevista de início vencendo as objeções Povo imoral que se prostituía constantemente. O local, que comportava cerca de quatro mil pessoas, estava repleto. Em primeiro lugar, ele definia os critrios da pedra autntica. E essa atitude egoísta permeia a sociedade c a própria Igreja. A mídia, os repórteres, a Receita Federal e o mundo em geral têm visto a ganância, a cobiça, o orgulho e a imoralidade da Igreja. Note que a Bíblia diz que a família de. Em nome de Jesus, eu oro. Se eu nunca tiver visto uma safira ou uma esmeralda verdadeira, poderei ser facilmente enganado. E importante que aprendamos a reconhecer ou discernir o verdadeiro do falso. Ele, que amava e admirava o rei Saul, tinha de andar escondendo-se pelo país. A tempestade, na verdade, fez com que nossa casa parecesse mais acolhedora e segura. John Bevere é evangelista e profeta,. Isso tambm poderia ser chama do de palavra do conhecimento ou cincia ou palavra da sabedoria 1 Co Lembrando que você pode distribuir este arquivo livremente sempre que quiser. Tenho sido grandemente ajudado por mensagens profti cas pessoais. A ordem era: lutem! Isso Leia mais.

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível. O Skoob Um dos melhores que já li de John Bevere, sem dúvida, cinco estrelas! leia mais. Somos a. John Bevere: livros, downloads dos ebooks, comparar e baixar pelos melhores preços. Há momentos em que parece que Deus nos abandonou, que nossas orações não Neste livro, John Bevere diz que devemos ter um espírito implacável, ou seja, . Cadastro Grátis · Minha Conta · Busca Avançada · Testemunhos. Se você deseja conhecer mais a Deus, se já recebeu uma profecia ou se foi uma profecia ou se foi usado no ministério profético, então este livro é para você!. John Bevere é um evangelista norte americano famoso por ser o presidente do Messenger International, Um Coração Ardente: Acendendo o Amor por Deus. baixar Livro Assim Diz o Senhor? - John Bevere - Editora CPAD com o menor preço e condições imperdíveis. Confira Super Promoção!.

Etienne Addi. Silvelane Queiroz. Sem downloads. Visualizações Visualizações totais. Ações Compartilhamentos. Nenhuma nota no slide. Debaixo De Suas Asas. Agradecimentos Do Original: Under Cover. Publicado originalmente por: Thomas Nelson. Raul Mendes, 41 - Conj. Deus - Amor. Deus - Bondade, l. À minha esposa, Lisa, pelas horas que você passou editan- do este trabalho. Aos nossos filhos, Addison, Alexander, e Arden. Obrigado por fazerem parte do meu chamado de Deus, e por me encorajarem a viajar e escrever.

Aos meus país, John e Kay Bevere, obrigado pelo estilo de vida repleto de santidade que vocês têm vivido continuamente pe- rante mim. À equipe do ministério John Bevere, obrigado por seu infa- lível apoio e fidelidade. Lisa e eu amamos cada um de vocês. A David e Pam Graham, obrigado por seu apoio sincero e fiel em acompanhar as operações do nosso escritório europeu. À Tamara, Barry, Tammy, Butch, e Lisa, agradeço por nos ajudar a criar o título correto mas, acima de tudo, obrigado pela amizade.

Como as palavras poderiam expressar adequadamente tudo o que tens feito por mim e pelo Teu povo? Eu te amo além da minha capacidade de expressar. Que Deus te abençoe!

Que você viva uma vida longa e próspera. O Poder Secreto da Iniqüidade 5. As Conseqüências da Desobediência I 6.

Honrai ao Rei Honra Dobrada Tratamento Injusto Julgamento Auto-Imposto Por menores Grande fé Podíamos assistir nuvens densas passeando pelos céus da nossa janela e acompanhar o barulho de trovões distantes.

A chuva parecia milhares de pequeninos martelos batendo no nosso telhado. A tempestade, na verdade, fez com que nossa casa parecesse mais acolhedora e segura. Tudo do lado de fora da janela estava molhado, frio e em perigo fatal dos relâmpagos. A partir desse ponto, podemos juntar as palavras "sob co- bertura" e montarmos o termo - encoberto. Este termo descreve a segurança emidentidadesescondidas. Umagente disfarçado ou enco- 13 7. Contudo, nas palavras iniciais do versículo, "Aquele que Contudo, no momento em que de- sobedeceram, eles se viram em grande necessidade da exata coisa debaixo da qual saíram A desobediência deles à autoridade de Deus.

Encaremos a realidade. Quando Alexander entrou na primeira série, ele teve uma experiência ruim com sua professora. Ela estava constantemente sem paciência com a classe - de mau humor e fora de controle, gritando comosestudantes freqüentemente. Geralmente Alexander se encontrava no meio de suas explosões porque ele é um menino enérgi- co e criativo, que prefere falar ao invés de ficar quieto.

DOWNLOAD LIVRO ASSIM SENHOR BEVERE DIZ GRÁTIS JOHN O -

Para ele a escola era um maravilhoso encontro social. Sem necessidade de dizer, sua perspectiva da escola colidiu com a personalidade e impaciência da professora. Nós cooperamos com a professora, encorajando Alex a se submeter às suas regras e a cooperai", mas esse processo cansativo diminuiu seu amor pelo aprendizado acadêmico. Ele teve uma professora muito diferente; extre- mamente carinhosa e sensível à felicidade de seus estudantes.

Ele estava em meio a crianças que haviam sido excelentes em seu aprendizado durante seus dois primeiros anos. Alex agora estava sob a tutela de uma professora boa e carinhosa, porém, firme. Novamente havia encontros freqüentes, porém, benéficos, com sua professora. Lisa e eu nos envolvemos cada vez mais com seus estudos. Estar na escola durante todo o dia e ter seus pais lhe aconse- lhando à noite, pode ser cansativo. Muitas vezes Alex simplesmente se fechava. Após algumas palavras, eu pude facilmente enxergar o problema.

Em seus olhos tudo isso era devastador. Houve um silêncio e nós dois ficamos sem palavras. Eu nunca me esquecerei o que aconteceu em seguida.

Ele corrigiu sua postura e cruzou seus braços. Com uma grave voz ele disse: "Pai, eu quero lhe dizer alguma coisa. Você sabia que a Jéssica da minha sala Ele havia me surpreendido com êxito desta vez. Mas era seu tom. Como aquelas crianças dariam tudo para esta- rem no lugar de Alexander! Elas aproveitariam a chance de apren- der porque elas entendiam a importância disso um dia, ao terem o que prover para suas famílias.

Geralmente existe uma história de experiênci- as ruins. Devemos subme- ter-nos a autoridades, mesmo se elas forem injustas? E se elas forem corruptas? E se elas nos disserem para fazermos o que nos parece ser errado? E se elas nos levarem a pecar? Onde podemos traçar uma linha divisória? Além disso, porque deveríamos nos submeter? Existe algum benefício? A palavra de Deus possui respostas específicas para todas estas questões. Eu acredito que este é um dos mitos mais impor- tantes que o Senhor me ordenou escrever, porque ele lida com as raízes de muitas dificuldades que as pessoas vivenciam cada vez mais na igreja.

Neste livro eu compartilho alguns exemplos das minhas próprias falhas. Eu lenho uma família e uma equipe muito maravilhosas. Eu servi em dois ministérios internacionais em , e destas experiências, tiro a maioria dos meus erros.

Sou muito grato ao nosso Senhor, pois Sua Palavra expôs mi- nhas motivações. O que eu aprendi mais tarde, com resultado de minhas experiências e as verdades reveladas neste processo, foi benéfico e maravilhoso. Eu acredito que o mesmo possa ocorrer com você, na me- dida que ler este livro. Confrontados com a verdade, podemos reagir de duas for- mas. Quando criança, exatamente an- tes de receber a vacina na segunda série, um amigo me disse o quanto aquilo doeria.

Após ouvi-lo, eu estava determinado a evitar a agulha a todo custo.

Eu briguei com duas enfermeiras até que final- mente elas desistiram. Sabia que a vacina seria um pouco dolorosa, mas ela impediria que eu tivesse dores ainda mai- ores, caso contraísse uma doença terrível e possivelmente fatal. Uma vez que eu entendi aquilo, voluntariamente eu voltei para receber a vacina.

Nunca se esqueça que Seu amor por nós é puro, completo, e eterno! Antes de começarmos nossa jornada, oremos: Pai celestial, eu desejo a verdade no meu interior mais do que eu desejo conforto e prazer.

ASSIM O BEVERE JOHN GRÁTIS DOWNLOAD DIZ - SENHOR LIVRO

Tu me amaste suficientemente para enviar Aquele que era mais im- portante para Ti, Teu filho, Jesus, para morrer por mim, afim de me dar vida eterna. Se me amaste tanto assim, certamente desejas completar a obra em minha vida, a qual começaste.

Ao ler este livro, eu peço que fales comigo pelo Teu Espírito e me mostre o que desejas para minha vida. Abra meus olhos para ver, e meus ouvidos para ouvir a Tua Palavra. Em nome de Jesus, eu oro. Meu intento é de ensinar sobre autoridade em meio a um mundo no qual diariamente a iniqüidade cresce. Portanto, a maioria do que é esboçado neste livro vai contra, ou resiste às formas de pensamento deste mundo.

Foi assim que tudo começou em primeiro lugar. É difícil entender os princípios do Reino com uma men- 21 Democracia é excelente para as nações do mun- do, mas precisamos lembrar que o Reino de Deus é exatamente isso -um Reino. E governado por um Rei, e existe hierarquia, ordeme auto- ridade. Portanto, assim como Samuel "declarou ao povo o direito do reino, e escreveu-o num livro" l Sm. Isso poderia também ser comparado à tentativa de usarmos um aparelho elétrico sem o havermos ligado à fonte de energia.

Assim, eles revelam uma completa perda do temor de Deus. Observe também o perigo que acompanha o fato de ignorarmos o Seu governo. Toda a autoridade é originada Nele! A verda- de é que ninguém pode estar num lugar legítimo de autoridade sem o conhecimento de Deus.

Segundo: Se rebelamos contra estas autoridades, nos rebela- mos contra a ordenança do Senhor, do próprio Deus, e aqueles que assim o fazem trazem julgamento sobre si mesmos. Lembre-se das palavras de Jesus para Saulo que mais tarde se tornou Paulo , "Dura coisa é recalcitrares contra os aguilhões. Na frente, uma ponta aguda era usada para espetar o gado enquanto arava. Minha própria experiência de advertência Falando sobre dor, eu me lembro quando meus olhos foram dolorosamente abertos para o fato de que resistência à autoridade delegada era a resistência à autoridade de Deus.

Para mim, estava estampado para sempre; como um monumento relacionado à tolice de recalcitrar contra os aguilhões. Por volta de eu recebi a oferta para pastorear os jo- vens de uma grande igreja internacional. Um livro era do pastor titular de uma igreja em Louisiana, que possuía um tremendo programa para jovens. Eu pedi à minha secretaria que telefonasse e perguntasse se eu poderia passar dois dias com o grupo.

Os líderes graciosamente me deram as boas vindas e nós selecionamos as datas. Eles tinham seu próprio auditório, o qual comportava pessoas, assentadas, e estava praticamente lotado!

Eu estava feliz e senti que certamente havia escolhido o grupo correto para aprender lições. No dia seguinte encontrei-me com os líderes da igreja. As estatísticas eram assustadoras. O sucesso do ministério era devido às "festinhas" que eles ti- nham toda sexta-feira à noite em mais de cem lugares diferentes ao redor da cidade. As festas eram, na verdade, grupos de células com o objetivo de ver a juventude salva. O conceito era simples demais, mas profundo.

Como resultado, muitos dos que estavam visitando pela pri- meira vez eram salvos. Ao orar, eu senti que deveríamos fazer a mesma coisa com nosso grupo. Vai fundo! Eu comecei imediata- mente uma escola de liderança para preparar meus líderes. Eu comecei imediatamente a treinar aqueles líderes para as primeiras células. Demos tudo de nós mesmos para este fim, com o propósito de alcançarmos almas perdidas.

Todos estavam animados.

O Temor do Senhor - John iranyszekelyfold.info - Documents

Devia haver algum tipo de erro ou desentendimento. Você quer dizer exceto o ministério da mocidade, certo? Eles tinham jovens estudantes no seu grupo de mocidade. Todos os quatro pastores disseram que era devido a suas reuniões em célula. Podería- mos ver toda a juventude de Orlando, Flórida, salva! Eu argumentei com ele por aproximadamente 15 minutos. Final- mente eu estava quieto, mas estava borbulhando por dentro. Tudo o que eu podia pensar era, nós trabalhamos tanto durante oito meses.

Como ele pode desligar o veículo que traria centenas, ou talvez, milhares para o Reino? O que eu direi à mocidade? Eu fui até Louisiana. Que desperdício de di- nheiro! Ele cancelou as festas dos grupos de células!

Aquilo no que temos trabalhado por oito meses, ele cancelou tudo! Agora eu estava com raiva dela. Eu fui para a cozinha, colo- quei meus pés sobre uma cadeira, olhei para a janela de frente, e continuei meus pensamentos sobre como o pastor estava errado. Seu ou Meu? Eu disse, "Seu, Senhor! Como facilmente somos enganados! Ele me fez lembrar de Moisés. A bíblia diz, "Moisés certa- mente foi fiel em toda a casa de Deus. Tiago era o líder da igreja em Jerusalém. Alguns dos fiéis fariseus que também eram líderes falaram pri- meiro.

Depois Pedro falou. Após eles, Paulo e Barnabé compartilha- ram o que Deus estava fazendo entre os gentios. O prefixo di- significa "dois". Por que existem tantas igrejas e lares se dividindo hoje? Após orar, eu sabia o que tinha que fazer. Peguei o telefone e liguei para o 30 31 Quando ele atendeu, eu disse, "Pastor, sou eu, John Bevere. Deus me mostrou como eu tenho sido rebelde para com sua autoridade, e eu pequei terrivelmente. Por favor, me perdoe.

Eu cancelarei os grupos de célu- las imediatamente". Ele foi muito gracioso, e me perdoou. Eles olharam para mim com curiosidade, perguntando, " O que?

Todos nós éramos suas vítimas, e é claro, eu fiquei bem às custas dele. Após pensar sobre esta cena, eu ouvi a pergunta do Espírito Santo, "É isto que você vai fazer? Com o entusiasmo eu anunciei, "Gente, eu tenho ótimas notícias. Que bom! Tempos mais tarde eu tive a oportunidade de compartilhar com eles o que havia acontecido. Contudo, 32 33 E se você devesse ter os grupos de células, e ele estava errado e você estava certo? E se ele foi influ- enciado de uma forma errada?

Contudo, antes de continuarmos discutindo sobre a autori- dade delegada, precisamos primeiramente estabelecer a importân- cia de sermos submissos à autoridade direta de Deus. Watchman Nee escreveu, Antes que o homem possa se submeter à autoridade delega- da de Deus, primeiramente ele precisa entender a autoridade her- dada por Deus.

Por um momento, façamos um jogo. Por falta de um título melhor, chamemos este jogo de "O psicólogo e o paciente". Aqui vai a palavra: Pecado.

O que vem à sua mente primeiro? Na igreja este pensamento parece estar altamente associado com a palavra pecado. Ou talvez uma imagem de um bêbado, ou alguém que usa drogas veio à sua mente.

Eu acredito que possamos seguramente assumir que a lista é bastante grande. Ningum questionou a autenticidade das pedras at que alguns indivduos com olhos experientes descobriram que elas eram fabricadas. A equipe de notcias foi s lojas com cmeras escondidas e, de pois de semanas de investigao, revelou o engodo.

Como estes joalheiros conseguiam enganar tantas pessoas? A resposta muito simples. O falso se parecia admiravelmente com o verdadeiro. A diferena no era perceptvel, a menos que se tivesse um olho treinado. Eu assisti quando um especialista no ramo ensinava ncora da televiso como identificar as pe dras falsificadas.

Em primeiro lugar, ele definia os critrios da pedra autntica. Ele mostrou a ela que aparncia teria uma pedra genuna sob o exame com uma poderosa lente de amplia o. A seguir, explicou o que se deveria procurar na pedra falsificada. Sem este treinamento, ela poderia ter sido facilmente enganada por causa da falta de conhecimento.

Os mesmos princpios so verdadeiros para a identifica o das profecias verdadeiras ou falsas. Quanto mais pronta mente reconhecermos o que verdadeiro, menos vulnerveis seremos ao que falso. Se eu nunca tiver visto uma safira ou uma esmeralda verdadeira, poderei ser facilmente enganado. Voc" poderia me dar uma pedra verde, e me dizer que ela uma safira.

Eu no saberia que as safiras, na verdade, so azuis e, portanto, no teria razo para duvidar de voc. Pode ria me indicar livros que destacassem as caractersticas das safiras verdes para alimentar este engano. Num piscar de olhos eu estaria imune s caractersticas das verdadeiras.

Isso ex plica como muitos so enganados pelas seitas. Similarmente, se eu soubesse que as safiras so azuis, re jeitaria imediatamente qualquer outra cor. Qualquer falsifi cao teria pelo menos que ser parecida com uma safira. Eu ainda poderia ser uma presa fcil de qualquer joalheiro com uma boa imitao, como aconteceu com os muitos que foram enganados pelas joalherias do documentrio.

Mas e se eu ti vesse sido treinado? Ento seria quase impossvel me enga nar, mesmo com a melhor falsificao. Ns lemos: Toda Escritura divinamente inspirada pro veitosa para ensinar, para redargir, para corrigir, para ins truir em justia 2 Tm 3.

Na Palavra de Deus encontramos as diretrizes e o treinamento necessrios. Quanto mais treina dos formos a respeito das Escrituras, mais evidente e claro ser o limite entre o verdadeiro e o falso, o certo e o errado. A Pala vra de Deus a nossa proteo contra os enganos.

Com muita freqncia somos como os clientes da joalheria que gastaram seu dinheiro em imitaes caras. No temos a sabedoria para separar o que precioso do que sem valor. Os olhos no treinados podem facilmente confundir uma imitao com o verdadeiro. Para que uma profecia falsa parea genuna, utiliza-se freqentemente a expresso Assim diz o Senhor Ento, a pessoa que ouve esta profecia torna-se uma presa.

A primeira apario da palavra profeta nas Escrituras uma referncia a Abrao, encontrada em Gnesis Deus avisou Abimeleque: Agora, pois, restitui a mulher ao seu ma rido, porque profeta. Quando pensamos em Abrao, um pro feta no a primeira descrio que vm nossa mente. No pensamos nele como um profeta, porque no o vemos predi zendo eventos futuros, mas ainda assim Deus o via como um profeta.

Isso evidencia imediatamente uma idia errada ou limitada que temos a respeito dos profetas. Deixemos que as Escrituras nos dem uma verdadeira descrio de um profeta. Com referncia a Abrao, a palavra em hebraico para pro feta nabi. Esta a palavra mais comumente usada para os profetas no Antigo Testamento, aparecendo mais de trezentas vezes. Quando um autor introduz uma palavra, normalmente a define se no na primeira vez, logo depois.

Neste caso, uma definio clara de profeta no dada na primeira vez em que Deus o autor das Escrituras usa esta palavra. Mas desco brimos mais a respeito do seu significado nas aparies se guintes. Em Exodo 7. Este fato aconteceu imediatamente depois que Moiss con fessou a sua incapacidade de falar claramente e afirmou que no poderia apresentar-se diante de Fara como porta-voz de Deus x 4. Embora isso desagradasse a Deus, Ele ain. E explicou: E ele falar p or ti ao povo; e acontecer que ele te ser por boca, e tu lhe sers por Deus.

A partir dessas duas passagens podemos gerar a definio global de profeta. Moiss tinha a mensagem, mas Aro era a voz.

DIZ - SENHOR LIVRO JOHN DOWNLOAD BEVERE ASSIM GRÁTIS O

Deus disse que Aro seria um profeta, ou um porta-voz, de Moiss. A definio de profeta encontrada na sua funo: Um profeta aquele que fa la por outra pessoa, ou algum que empresta a sua voz a outra pessoa. O conceito de profeta como sendo uma pessoa que prediz o futuro errado.

Esta definio bsica de n a b respaldada novamente na sua apario com referncia a Jesus. Deus prometeu a Moiss que abenoaria o seu povo de uma forma maravilhosa: Eis que lhes suscitarei um profeta do meio de seus irmos, como tu, e porei as minhas palavras na sua boca, e ele lhes falar tudo o que eu lhe ordenar Dt Isso, naturalmente, se refere a Jesus.

Em Hebreus 1. Uma vez mais a nfase est em ser um representante ou porta-voz, e no uma pessoa que prediz os acontecimentos. O prprio Jesus confirmou isso: Porque eu no tenho fa lado de mim mesmo, mas o Pai, que me enviou, ele me deu mandamento sobre o que hei de dizer e sobre o que hei de falar Jo A definio mais clara de um profeta al gum que fala por outra pessoa.

Isso poderia abranger a pre dio de acontecimentos futuros, mas est longe de ser a n fase de um verdadeiro profeta. Para definir mais detalhadamente um profeta, precisamos examinar o que o Novo Testamento tem a dizer. As Escrituras. E ele mesmo deu uns para apstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores, querendo o aperfeioamento dos santos, para a obra do minis trio, para edificao do corpo de Cristo, at que todos chegue mos unidade da f e ao conhecimento do Filho de Deus, a varo perfeito, medida da estatura completa de Cristo.

Efsios 4. Observe que Jesus aquEle que designa esses ofcios. Uma pessoa no pode decidir ocupar um desses ofcios. E um cha mado de Deus, e deve vir por meio da sua nomeao. Discuti remos isso com maiores detalhes no captulo Observe que estes ofcios so distribudos at que o Corpo de Cristo atinja a unidade da f e do conhecimento de Jesus Cristo. Isso ainda precisa acontecer e no foi concludo com a morte dos apstolos e profetas que escreveram o Novo Testa mento.

Portanto, o ofcio de profeta ainda est muito ativo e muito necessrio. Embora muitos possam concordar com isso, ainda im portante enfatizar que os apstolos ou profetas da atualidade j no mais escrevem nem fazem adendos s Escrituras. O livro do Apocalipse adverte que se algum acrescentar algu ma coisa s palavras das Escrituras, Deus far vir pragas so bre ele.

Portanto, qualquer coisa que seja dita agora no deve, em hiptese ne nhuma, contradizer as Escrituras tradicionais. Como disse Paulo: Se algum vos anunciar outro evangelho alm do que j recebestes, seja antema G Por outro lado, Pedro nos d esta exortao: Se algum falar, fale segundo as palavras de Deus 1 Pe 4. Um profe ta algum que tem uma mensagem de Deus sua igreja. Como exemplo, considere os mensageiros de um rei. O rei pode se comunicar diretamente com o seu povo, ou por intermdio de seus mensageiros nomeados.

E crucial que os mensageiros. O mensageiro precisa transmitir a men sagem como se o prprio rei o estivesse fazendo. Embora a mensagem de um profeta no deva contradizer as Escrituras, s vezes ele pode trazer uma mensagem que no pode ser confirmada por um captulo e um versculo espe cficos.

Esta poder ser uma mensagem genuna de Deus. Um bom exemplo a mensagem que Agabo transmitiu igreja de Antioquia, a respeito de uma grande fome que se abateria so bre a terra At Um falso profeta pode entregar a uma pessoa ou a um grupo uma mensagem cuja autenticidade no pode ser confirmada pelas Escrituras.

E freqente que estas men sagens sejam de sua prpria inspirao, ou de algum esprito. Se no forem confrontadas, estas mensagens ou palavras pro fticas podem contaminar o povo de Deus e torn-lo intil Jr A contaminao ser explicada no captulo 5 com deta lhes.

A minha orao para que a verdade contida neste livro lhe avise, proteja ou liberte deste tipo de contaminao. Vamos examinar o que as Escrituras revelam sobre o mi nistrio proftico destes ltimos dias. O P r o f e t a E l ia s Eis que eu vos envio o profeta Elias, antes que venha o dia grande e terrvel do Senhor; e converter o corao dos pais aos filhos e o corao dos filhos a seus pais; para que eu no venha e fira a terra com maldio.

Malaquias 4. O dia grande e terrvel do Senhor a segunda vinda de Cristo. Jesus disse que neste dia todas as tribos da terra se lamentaro e vero o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do cu, com poder e grande glria Mt Ser um dia terrvel para quem no ama ou obedece a Ele. O apstolo Joo teve uma viso deste dia, e descreveu como as pessoas se es. Antes da chegada deste dia, Deus ir enviar o profeta Elias. Este Elias que dever vir no o Elias de 1 e 2 Reis, de volta terra. O texto no est se referindo a um homem histrico, nem se limita a um mero homem.

Na verdade, ele descreve o verdadeiro significado de Elias. Unindo as duas palavras ns temos a for a ou o poder de Jeov, o nico Deus verdadeiro. Portanto, o que Malaquias estava dizendo que antes do dia do Senhor, Deus iria enviar um ministrio proftico com a fora e o poder do nico Deus verdadeiro. Lucas 1. Joo foi um profeta enviado com o esprito e poder de Elias para preparar o caminho do Senhor antes da primeira vinda de Jesus.

O tema principal de sua mensagem e ministrio era converter a Deus o corao dos filhos de Israel. Ao fazer isto, seus lderes j no mais serviriam a si mesmos mas ao povo, e os desobedientes retornariam submisso Palavra ou aos caminhos de Deus. A mensagem de Joo pode ser resumida em uma declara o: Arrependei-vos, porque chegado o Reino dos cus Mt 3.

Arrependimento significa uma mudana de pensamento e de emoo, e no meramente uma ao. Os atos dos filhos de Israel eram freqentemente espirituais ou religiosos, embora. Milhares freqenta vam sinagogas, todo o tempo sem conhecer a verdadeira con dio dos seus coraes. Eles confiavam no fato de que eram descendentes do povo do concerto de Deus. Mantinham-se con fiantes em sua salvao, e criam que estavam numa boa situ ao com Deus. E como estavam enganados! Em sua misericrdia, Deus elevou o profeta Joo para ex por a verdadeira condio dos coraes do povo, proclamando a palavra do Senhor.

Dizia, pois, Joo multido que saa para ser batizada por ele: Raa de vboras, quem vos ensinou a fugir da ira que est para vir? Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento e no comeceis a dizer em vs mesmos: Tfemos Abrao por pai, porque eu vos digo que at destas pedras pode Deus suscitar filhos a Abrao Lc 3.

E interessante observar que esta fosse a sua mensagem s multides que tinham viajado horas num deserto escaldante para ouvir a sua pregao, e receber o batismo que ele minis trava. Estes no eram habitantes da cidade, complacentes, que zombavam dele e se recusavam a ser molestados por uma ca minhada pelo deserto para ouvi-lo.

Livro Assim Diz o Senhor?

Ele no adulava aqueles que vinham s suas reunies; ele ardia com uma paixo por declarar fielmente o que Deus lhe falava. Ele era um profeta no mais verdadeiro sentido da palavra.

Mas isso est muito longe do que vemos no ministrio hoje em dia. Joo Batista cumpriu as profecias de Elias h outras, como Isaas No entanto, Malaquias profetizou que esta uno se ria realizada antes do dia grande e terrvel do Senhor a sua segunda vinda. Isto significa que h dois cumprimentos dife rentes da profecia. Jesus falou desses dois cumprimentos com trs dos seus discpulos. Jesus levou Pedro, Tiago e Joo a um alto monte. Ali Ele se transfigurou diante deles. O seu rosto brilhou como o sol, e as suas vestes tornaram-se brancas e resplandecentes.

Moiss e Elias apareceram e conversaram com Jesus. Enquanto Je-. O temor a Deus dominou os discpulos, e eles caram sobre seus rostos. Quando levantaram os olhos, estavam sozinhos com Jesus. Agora estava muito claro para eles que Jesus era o to esperado Messias. No entanto, isso os intrigou. Eles tinham ouvido os escribas ensinando, a partir do livro de Malaquias, que antes que o Senhor viesse, Elias viria.

Eles perguntaram a Jesus sobre isso, e a sua resposta foi: E Jesus, respondendo, disse-lhes: Em verdade Elias vir pri meiro e restaurar todas as coisas.

Mas digo-vos que Elias j veio, e no o conheceram, mas fizeram-lhe tudo o que quise ram. Assim faro eles tambm padecer o Filho do Homem.

En to, entenderam os discpulos que lhes falara de Joo Batista. Jesus falou de dois Elias diferentes. Em primeiro lugar, Ele falou do Elias que viria vir, verbo no tempo futuro.

Esta no poderia ter sido uma referncia a Joo, uma vez que, a esta altura, ele j tinha sido decapitado Mt A se guir, Jesus falou do Elias que j tinha vindo j veio, verbo no tempo passado , que Ele identificava claramente como sen do Joo Batista. Antecedendo a volta de Jesus, Deus derramar, novamen te, uma uno proftica. No entanto, desta vez o manto no ficar sobre um nico homem, mas estar, coletivamente, so bre um grupo de profetas Ef 4. Estes profetas semelhantes a Elias proclamaro uma mensagem similar de Joo Batista, pois ele era do mesmo tipo e foi o precursor des ses profetas dos ltimos dias.

Eles procuraro as ovelhas per didas ou enganadas na igreja, e tambm chamaro de volta aquelas que partiram por causa do pecado. Muitas das ovelhas enganadas ainda agora freqentam a igreja e sentem que esto preparadas para a volta de Jesus.

De uma maneira que no diferente das multides da poca de Joo Batista, elas se confortam com a sua freqncia igreja, a sua contribuio, os seus dzimos, a capacidade de falar em. Elas tm certeza de que Deus tem a obrigao de aceit-las, porque fizeram uma orao de confisso, embora ainda no tenham se sujeitado soberania de Jesus Cristo.

Elas s obe decem quando conveniente ou quando tal atitude no entra em conflito com a sua programao ou agenda. Se a obedin cia ao Mestre interfere em seu prazer, elas descuidadamente ignoram a sua liderana, reivindicando a graa de Deus. Elas podem crer que esto justificadas, mas ser que estaro? Ser que poderiam ser a igreja mordia que Jesus confronta no livro do Apocalipse, que encontra confiana numa falsa graa Ap 3. Infelizmente, esta condio ainda mais propagada por falsos ensinadores e profetas que lhes dizem que elas es to numa posio correta diante de Deus.

Mensagens mornas tm produzido uma multido de con vertidos nas ltimas dcadas. Mas existem muitos que verda deiramente amam a Deus e o temem, embora possam ter fica do, de algum modo, cansados. Eles parecem ser uma minoria e no conseguem entender onde est a verdadeira palavra do Senhor que ir penetrar o corao da igreja e novamente tornla perfeita. A mensagem desses profetas Elias ir fortalecer aqueles que perseveraram na obedincia numa igreja contur bada.

As palavras deles novamente esclarecero os objetivos de Deus para a sua igreja do final dos tempos. No prximo captulo examinaremos mais de perto a men sagem de um verdadeiro profeta e o motivo por que ela to desesperadamente necessria hoje em dia.

Dizer s pessoas o que elas querem ouvir s custas do que precisam ouvir enfraquece a igreja. O ltimo captulo estabeleceu, ao longo das Escrituras, que um profeta um porta-voz do Senhor Jesus. Ns tambm aprendemos sobre o papel da profecia no final dos tempos. Eis que eu vos envio o profeta Elias, antes que venha o dia grande e terrvel do Senhor; e con verter o corao Joo Batista cumpriu a profecia de Elias para a sua poca e anunciou o tipo de uno proftica que viria antes da segunda vinda de Jesus.

O objetivo de Joo era despertar as ovelhas perdidas da casa de Israel, a fim de prepar-las para a primeira vin da de Jesus. Ele no foi enviado para os pagos. O anjo Gabriel descreveu o enfoque do seu ministrio:.

Isso corresponde descrio dos profetas feita por Malaquias: levar os coraes de volta aos caminhos e sabe doria de Deus. Existe um elo comum que passa pela mensa gem de praticamente todos os profetas na Bblia e que repre senta a emoo do seu chamado. A sua nfase pode ser resu mida como: Converta-se ao Senhor com todo o seu corao! Embora falando em tons, ambientes e nveis de intensidade diferentes, em cada profeta ardia uma paixo por ver o povo de Deus restaurado a Ele, e que as pessoas pudessem andar nos seus caminhos.

Vamos examinar uma amostra das suas palavras, que con firma este acorde uniforme. Deuteronmio A misso de Moiss consistia em chamar e libertar o povo de Deus da escravido no Egito, para que pudessem experi mentar a revelao do seu Deus e servi-lo.

Ento, falou Samuel a toda a casa de Israel, dizendo: Se com todo o vosso corao vos converterdes ao Senhor, tirai dentre vs os deuses estranhos e os astarotes, e preparai o vosso corao ao Senhor, e servi a ele s, e vos livrar da mo dos filisteus.

Isaas J e r e m ia s Antes do cativeiro: Se voltares, Israel, diz o Senhor, para mim voltars; e, se tirares as tuas abominaes de diante de mim, no andars mais vagueando. Jeremias 4. Depois do cativeiro: Esquadrinhemos os nossos caminhos Lamentaes 3. Portanto, dize casa de Israel: Assim diz o Senhor Jeov: Convertei-vos, e deixai os vossos dolos, e desviai o vosso ros to de todas as vossas abominaes. Ezequiel Desde os dias de vossos pais, vos desviastes dos meus estatu tos e no os guardastes; tornai vs para mim, e eu tornarei para vs, diz o Senhor dos Exrcitos.

Malaquias 3. E o Senhor protestou a Israel e a Jud, pelo ministrio de todos os profetas e de todos os videntes, dizendo: Converteivos de vossos maus caminhos e guardai os meus mandamen tos e os meus estatutos, conforme toda a Lei que ordenei a vossos pais e que eu vos enviei pelo ministrio de meus ser vos, os profetas. A nfase principal desses servos era declarar o corao de Deus ao seu povo, tocando seus coraes para que pudes sem retornar aos seus caminhos. Observe que este era o ob jetivo de todos os profetas enviados a Israel e Jud.

Para cum prir este objetivo eles podem ter falado sobre coisas que ain da haviam de vir ou entregado uma mensagem pessoal a um indivduo. No entanto, estes erm componentes secundrios do seu ministrio, que ajudavam a realizar o principal. Com excessiva freqncia, somos enganados ou desviados do nos so caminho dando grande importncia ao que para Deus secundrio, enquanto damos pouca importncia ao que para Deus essencial.

Parece que a nfase dos ministrios profticos de hoje em dia est concentrada no secundrio, na transmisso de pro fecias pessoais e na predio do futuro. Ns obtivemos a nos sa definio de profeta de Escrituras limitadas e especficas em vez de dar um passo atrs para ver o qadro todo. Uma viso errada de um profeta deixou a igreja vulnervel aos enganos.

E mais fcil aderir ao incompleto ou falsificado do que ao real. Tenho me deparado com lderes que me perguntam antes que eu ministre: Voc est planejando entregar alguma mensagem proftica s pessoas depois do culto?

Pelo seu tom, sei que eles esperam que a minha resposta seja sim. Eles insi nuam que outros oradores entraram no proftico, as pessoas gostaram disso, e desejam que eu aja de maneira similar. Eles oferecem a possibilidade de fitas individuais para gravar as palavras aos membros da igreja. Sob esta atitude est a suposio de que eu posso ligar e desligar o fervor proftico como desejar. Eles citam uma pas sagem das Escrituras que diz que o esprito do profeta est sujeito ao profeta 1 Co Mas isso significa que o pro feta j no mais est sujeito ao Esprito Santo?

O mensa geiro no determina o que ele diz; ele nada mais que um servo e um porta-voz. Um pastor reclamou depois que eu tinha conduzido dois cultos dominicais: Eu no sei quantas pessoas voltaro ama nh, uma vez que voc no entregou a ningum uma profecia pessoal.

O Esprito Santo ter sido reduzido a um adivinho que faz uma encenao para conservar uma multido? Acon teceu, porm, que nestes cultos Deus me tinha dito para tra tar da questo da insubordinao.

Esta no era uma mensa gem confortvel para se transmitir, e nem para se ouvir. O pastor sentiu a tenso e o conflito disso, e se sentiu desconfortvel. Ele se sentia muito mais confortvel com os ministrios profticos cujos pastores chegavam e diziam pala vras animadoras a todos. Depois de dois anos daquela mensagem que Deus me pe diu que transmitisse sobre a insubordinao, um dos pastores daquele grupo, que era considerado proftico, dividiu a igreja e com muitos dos membros iniciou um novo trabalho nas proximidades.

Este pastor tinha recebido todo tipo de mensa gens positivas de profetas anteriores que tinham visitado a igreja e tambm de profetas em conferncias externas. Mas ele possuia um corao como o de Absalo, o filho de Davi que se rebelou contra ele.

Ele rompeu o seu relacionamento com o seu pastor, a quem criticava abertamente. Alguns anos depois voltei quela igreja e ministrei ao pastor, mas estou triste por dizer que o estrago j tinha sido feito. Faz com que as pessoas procurem os dons e as manifestaes deixando de procurar ter em sua vida o carter de Deus. O ministrio proftico que Deus est criando nestes lti mos dias seguir a ordem de Joo Batista.

Os seus ministros iro proclamar o mesmo chamado e a mesma advertncia de Joo. Esses profetas incentivaro a transformao; a sua mis so principal ser colaborar para que o corao do povo de Deus volte-se ao seu Pai. As suas mensagens sero acompa nhadas por uma forte convico. Freqentemente as palavras podero no parecer agradveis. A sua pregao ir atingir as reas insensveis do nosso corao como um martelo esmiu ando uma rocha.

Eles iro ordenar, repreender, corrigir e exor tar com toda a autoridade, mas ainda assim isso fluir de um corao cheio de amor por Deus e seu povo. Os que possuem coraes cheios de ganncia e avareza iro atacar as palavras dos pro fetas. Os que amam a verdade iro sentir seus coraes incandescentes com a mesma paixo. Estes profetas no iro procurar os elogios ou as recom pensas dos homens. Eles somente desejaro lidar fielmente com a verdade que liberta.

No sero comprados, pois j co nhecem aquEle que lhes dar a sua recompensa. Nem o poder, nem a popularidade nem o dinheiro iro influenciar as suas palavras. Acesas com fogo santo, as suas mensagens iro agir como msseis habilmente guiados e dirigidos para o corao dos homens. Os seus estilos e intensidades podero ser dife rentes, mas todos obedecero s mesmas ordens. J ouvi algumas ministraes assim; algumas eram procla madas em voz alta, ao passo que outras eram ditas em tons mais suaves.

Algumas me fizeram rir, embora eu estivesse consciente de uma convico que me mantinha pregado ao meu assento. Freqentemente eu tremi, embora todo o tempo meu corao ansiasse por Jesus. O denominador comum era que as suas pa lavras eram como flechas que atingiam o alvo do meu corao.

Depois do culto eu mal podia esperar para ficar sozinho e procu rar o Senhor da mensagem. Eu tinha ouvido um chamado para a santidade de uma maneira completamente nova. Ns, equivocadamente, limitamos um profeta a ser al gum que profetiza, transmite palavras de conhecimento e sabedoria embaladas como os crculos carismticos esto acos tumados a ouvi-las.

Mas ao contrrio disso, bem possvel que um profeta inicie um culto e no chegue sequer a dizer assim diz o Senhor No entanto, toda a sua mensagem po deria ser de palavras profticas de sabedoria e de conheci mento! Freqentemente no temos discernimento o bastan te para reconhecer uma mensagem proftica se ela no vier com alguns assim diz o Senhor, ou com algumas rimas. Ns confiamos em declaraes como eu ouo o Senhor dizendo Mas no h registro de Joo Batista dizendo: Assim diz o Senhor Ele tambm deixou de se familiarizar com o estilo de falar em pblico dos fariseus.

Transmitiu pa lavras profticas a dois grupos: coletores de impostos: No peais mais do que aquilo que vos est ordenado, e soldados: A ningum trateis mal, nem defraudeis e contentai-vos com o vosso soldo. Que diferena dos dias de hoje!

Livro: Assim Diz O Senhor? (pdf)

Nas nossas reunies ns ouvimos coisas como, Assim diz o Senhor: Eu estou lhe trazendo um esposo, e ele ter dinheiro em uma das mos e o ministrio na outra. Ou: Deus no deseja que voc trabalhe Ele vai fazer com que as pessoas dem di nheiro para voc! No, no so exemplos fictcios. Estas so palavras reais ditas em reunies a indivduos que eu conhe o pessoalmente. Essas palavras podem ter chamado a aten o das pessoas, mas ser que tm base bblica?

Fortalecem a sua caminhada com Deus? Ou trazem o foco de volta a si mesmas? Joo Batista no proferia profecias pessoais agradveis iniciadas com assim diz o Senhor Na verdade, com as defi nies de hoje a igreja poderia ter grandes dificuldades para classificar Joo como algum que tem um ministrio proftico os fariseus adoram classificar as pessoas.

Ele poderia, possi velmente, ter passado como um evangelista, mas nunca como um profeta. Ao limitar o cargo proftico quilo que presencia mos na igreja de hoje, ou s atividades secundrias de predi zer os eventos futuros ou transmitir mensagens pessoais, po deremos facilmente deixar de ver o que Deus trar por inter mdio dos seus profetas Elias! H aqueles que podero dizer: Joo Batista foi um profeta do Antigo Testamento. O seu ministrio no se aplica a ns hoje em dia.

Se for este o caso, ento por que Deus no acrescentou. Como est escrito no profeta Isaas: Eis que eu envio o meu anjo Marcos 1.

O anjo era Joo Batista. O seu ministrio est claramente definido como o incio do evangelho de Jesus. Ele encontrado em todos os quatro Evangelhos. Observe que Jesus no disse: A Lei e os Profetas duraram at mim. Mais uma vez, em Mateus Porque todos os pro fetas e a lei profetizaram at Joo. Observe que Jesus coloca o ponto de partida do Reino dos cus no ministrio de Joo. Voc poder agora perguntar: Como voc pode escrever que o ministrio proftico dos ltimos dias seguir o modelo de Joo Batista?

Pensei que a profecia do Novo Testamento fosse para edificao, exortao e consolao 1 Co Como resposta, vamos retomar s Escrituras e ver o que Deus diz sobre as profecias de Joo. Ns encontramos a maior quantidade de detalhes sobre as profecias de Joo Batista no Evangelho de Lucas.

Ele se diri gia s multides que vinham para ouvi-lo e para receber o ba tismo, dizendo: Raa de vboras, quem vos ensinou a fugir da ira que est para vir? A seguir, ele avisava que se as pessoas no dessem frutos dignos de arrependimento, seriam cortadas e lanadas ao fogo.

Pois ele disse que Jesus estava vindo com a sua p na mo, e limparia a sua eira, que repre sentava a casa de Israel Lc 3. Voc chamaria essas pala vras profticas de edificantes? Elas exortam ou trazem conso lao?

A maioria responderia: No, de maneira nenhuma! Mas veja como Deus as avaliou: E com muitas outras exortaes anunciava o evangelho ao povo. Lucas 3. Deus classificou a profecia ou a pregao de Joo como sendo uma exortao! Isso no o que ns chamaramos hoje de uma pregao exortativa. Isaas tambm descreveu a pro fecia de Joo, mas no a chamou de exortativa, e sim de consoladora.

Ele escreveu: Consolai, consolai o meu povo, diz o vosso Deus. Falai benig namente a Jerusalm e bradai-lhe Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor; endireitai no ermo vereda a nosso Deus.

Voc acha que possvel que tenhamos uma viso distorcida da edificao, da exortao e da consolao? Se voc ainda precisa de mais confirmaes, examine as mensagens profticas de Jesus s sete igrejas em Apocalipse 2 e 3! Ele advertiu uma igreja dizendo que se seus membros no se arre pendessem, Ele os vomitaria da sua boca Ap 3. Quantos considerariam esta profecia consoladora? Ele descreveu outra igreja: Eu sei as tuas obras, que tens nome de que vives e ests morto Ap 3.

Quantos acha riam estas palavras edificantes? Ele prosseguiu dizendo: no achei as tuas obras perfeitas diante de Deus As palavras de Jesus correspondem nossa viso atual de um ministrio proftico? A outra igreja Ele disse: Lembra-te, pois, de onde caste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; quando no, bre vemente a ti virei e tirarei do seu lugar o teu castial, se no te arrependeres Ap 2. O castial representava a igreja. Tirlo do seu lugar significava remover a igreja da sua presena.

Se no se arrependessem, eles continuariam realizando seus cultos, reunies de orao, conferncias profticas e tudo o mais, porm a sua santa presena no estaria mais com eles. Depois de elogiar duas outras igrejas pelos seus servios, Ele rapidamente advertiu uma: Mas umas poucas coisas te nho contra ti Ap 2. A outra igreja Ele acrescentou: Mas tenho contra ti Essas so cinco das sete profecias dadas a sete igrejas. Essas mensagens no eram apenas histricas, mas tm apli caes na vida dos servos do Senhor que viveram antes da vinda do Senhor Jesus Cristo.

Muito pouco do que est acon tecendo nas nossas conferncias profticas, reunies, ou cul tos hoje em dia est remotamente relacionado com o padro de profecias de Jesus ou o de Joo Batista. Ser que seguimos outro padro? Ser que nos tornamos como os profetas da po ca de Jeremias e Ezequiel, que profetizavam paz e prosperida de enquanto Deus se esforava para chamar o seu povo de vol ta ao seu corao? A verdadeira palavra proftica de Deus ir nos edificar e fortalecer para suportar as tempestades da vida.

O ensino falsificado ou a profecia falsificada tambm edificam vidas, mas sobre um alicerce inseguro. H alguns anos, enquanto orava, eu pergun tei: Senhor, qual a sua mensagem para a igre ja? Imediatamente ouvi o Esprito Santo dizen do: Jeremias Eu no tinha certeza do que dizia esta passagem, ento a procurei e en contrei: Porque tanto o profeta como o sacerdote esto contaminados; at na minha casa achei a sua maldade, diz o Senhor. Fiquei perplexo ao ponderar sobre isso du rante alguns momentos, mas preciso admitir, um pouco embaraado, que no perguntei mais nada ao Senhor sobre a sua mensagem especfica nes se versculo.

Por no t-la entendido, pensei que talvez no a tivesse ouvido de Deus, de modo que. Cerca de um ms depois, novamente enquanto orava, fiz ao Senhor a mesma pergunta. Outra vez ouvi: Jeremias Embora no tivesse esquecido o que havia acontecido um ms antes, no reconheci a referncia. Quando procurei a passagem, fiquei surpreso por ver que era a mesma que Ele me tinha dado um ms antes.

Por ser esta a segunda vez, prestei mais aten o. Li o captulo inteiro e estudei algumas das palavras em hebraico daquele versculo em particular, mas novamente dei xei de procurar com persistncia o conselho do Senhor contido nele. No esperei para descobrir exatamente qual era a mensa gem de Deus.

Passaram-se semanas, e eu estava orando de novo quan do ouvi o Esprito de Deus dizendo: Leia Jeremias Des ta vez reconheci a referncia.

Pensei: Acho que essa aquela mesma passagem. Dessa vez, quando a abri, tremi enquanto lia as palavras. A partir daquele momento comecei a buscar persistentemente a Deus para saber o que Ele quer transmitir a ns por meio dessas palavras profticas. Percebi que todo o captulo 23 do livro de Jeremias tratava do ministrio proftico falsificado.

Embora Jeremias estivesse se dirigindo a Israel, suas palavras contm uma advertncia prof tica para os nossos dias tambm.

Isso pode ser confirmado pelas suas palavras: no fim dos dias, entendereis isso claramente Jr Como vimos com as profecias de Elias, este outro exem plo de passagem que pode ser cumprida mais de uma vez. Jeremias iniciou a sua mensagem com Quanto aos profetas. O meu corao est quebrantado dentro de mim Os pro fetas aos quais ele se referia no eram aqueles de um deus ou dolo falso. No, estes eram profetas de Israel, os mesmos que falavam em nome de Jeov.

Eles eram muito conhecidos e acei tos entre os crentes, mas Deus lamentava: at na minha casa achei a sua maldade v. Isso partiu o corao de Jeremias. No, aqueles que tm uma com preenso do que verdadeiramente proftico podem entender com facilidade a sua tristeza.

No so os falsos profetas adivinhadores que lem a palma da mo, cartas de tar ou fa lam segundo as estrelas os que entristecem profundamente aqueles que anseiam por ver a Deus glorificado. Na verdade, so aqueles que ministram em nome de Jesus nas nossas igre jas e conferncias os que partem o corao dos justos.

Eles se. Devemos nos perguntar: O que viu Jeremias que o entris teceu to profundamente? A resposta encontrada na passa gem que o Senhor repetidas vezes me indicou: porque tanto o profeta como o sacerdote esto contaminados.

Para compreender, precisamos recorrer ao idioma origi nal, a fim de apreender com maior clareza o significado de contaminado. E a palavra hebraica chaneph, e definida como estar contaminado, profanado, poludo ou corrompido.

Livro Assim diz o Senhor?

Ela aparece dez vezes no Antigo Testamento e somente uma vez traduzida como contaminado na New King James Version, em ingls. Com muita freqncia, ela traduzida como con taminado ou profanado. Essas duas palavras descrevem melhor o seu significado. Contaminar ou profanar alguma coisa transformar o que estava puro numa mistura ruim. Como exemplo, 19 litros de gua pura so bons para beber, cozinhar ou tomar banho. Mas se voc acrescentar um litro de cido hidroclrico, ela se torna inaproveitvel.

A pequena porcentagem do cido po luiu toda a quantidade de gua. Os 19 litros originais de gua agora se tornaram mortais se forem bebidos, txicos para se rem usados na cozinha e prejudiciais para o banho.

E impor tante observar este fato preocupante: o cido impossvel de se detectar somente com a vista, pois a mistura ainda aparen ta ser gua pura. Jeremias disse: a carreira [dos profetas] m, e a sua fora no reta v. O poder ou o dom que Deus lhes deu foi contaminado. Vamos repetir, com freqncia difcil discernir a impureza do seu dom!

O profeta Ezequiel tambm recebeu a. As suas palavras ajudam a esclarecer a declarao de Jeremias: E veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Filho do homem, profetiza contra os profetas de Israel que so profetizadores Observe que a mensagem de Deus por intermdio de Ezequiel era para os profetas de Israel, no para os profetas de Baal ou alguma outra adorao de ocultismo. Estes profetas profetiza vam em nome do Senhor.

Na onda proftica atual, h muitas profecias sendo expressas! Estas palavras freqentemente abran gem uma ampla variedade de assuntos.

Mas ser tudo de fato inspirado por Deus? Ns descobrimos que havia uma mistura na poca de Ezequiel e de Jeremias Observe que Deus explicou que esses profetas profetiza vam inspirados pelos seus prprios coraes. Na minha Bblia da verso New King James em ingls, a palavra corao apre senta uma marca de referncia.

A nota correspondente na co luna central explica que a palavra tambm pode ser traduzida como inspirao. A New American Standard Yersion em in gls apresenta a passagem da seguinte maneira Ouvi a palavra do Senhor grifo do autor.

Portanto, observe, eles estavam profetizando por inspirao, mas era sua prpria inveno. No era uma genuna inspirao do Senhor. Este apenas um de muitos exemplos que eu poderia dar, mas exemplifica incisivamente este princpio. Isso aconteceu h alguns anos, numa manh de domingo, durante o primeiro de uma srie de encontros realizados numa igreja na costa oeste. Era a minha primeira vez nesta cidade. Eu tinha falado apenas brevemente com o pastor por duas vezes, uma delas por telefone, e a segunda quando ele foi me buscar no aeropor to.

Adotei a poltica de no comentar questes da igreja antes de ministrar. Fao isso para evitar ser influenciado incorreta mente de uma maneira ou de outra. Isso me facilita permane cer sensvel ao Esprito do Senhor. Fiz isso com este pastor e tambm com seu cooperador. Enquanto me preparava para o primeiro culto, eu plane java falar de acordo com o que normalmente fao nas ma nhs de domingo.

Quase sempre eu sou atrado para os per didos da igreja aqueles que confessam ser crentes mas ain da vivem para si mesmos.

Todavia, naquela manh, durante a adorao, senti um desconforto no meu esprito. Senti al guma coisa errada no clima espiritual daquela igreja. Reco nheci que aquele era o meu sentimento de revolta quando adivinhaes ou o ministrio proftico falsificado influenci am uma igreja. Senti que alguma coisa tinha sido lanada contra aquela igreja. Repetidamente, eu ouvi Deus dizendo: Cuide do erro. Pedi instrues: Por onde devo comear? Ouvi o Senhor dizendo: Comece lendo Ezequiel Depois de ser apresentado, eu imediatamente pedi a con gregao que abrisse a Bblia em Ezequiel 13 e comecei a pregar baseado naquele captulo.

Confrontei o ministrio proftico falsificado que est devastando a igreja no presen te sculo de forma desenfreada. Expliquei como muitos pro fetas esto falando sob inspirao, embora no seja a inspi rao do Esprito Santo.

Enquanto pregava, eu estava cons ciente de que um baluarte no seu modo de pensar estava sen do confrontado. Tambm observei que a liderana estava ou vindo atentamente. Depois do culto, fui almoar com o pastor e sua esposa. Assim que ficamos sozinhos, o pastor me confidenciou: Ns precisvamos tanto disso. Voc no tem idia de como acertou esta manh. Eu respondi: E mesmo? No estou acostumado a pregar desta maneira numa manh de domingo.

Ele me deu grandes detalhes. Ns tivemos um profeta que veio nossa igreja para ministrar, e o resultado foi devas. Deixe-me contar-lhe sobre uma situao que aconteceu com um casal da nossa igreja. Ele me contou a histria trgica de um casal na sua igreja cujo maior desejo era trabalhar para um evangelista internacionalmente conhecido na Costa Leste. A vontade era maior com a sua esposa. Sempre que o evangelista estives se em qualquer lugar das proximidades, os dois comparece riam a todas as reunies em que pudessem entrar, esperan do entrar em contato com ele.

O seu pastor tinha convidado um profeta para ministrar congregao. Este homem nunca tinha estado nesta igreja antes, e no conhecia qualquer situao ou vontade pessoal de seus membros.

Durante o culto, ele chamou este casal e pediu que eles se levantassem enquanto lhes transmitia uma palavra de Deus. A sua mensagem foi mais ou menos assim: Assim diz o Senhor: Eu vos chamei para o ministrio da cura.

Eu vos removerei desta comunho e vos enviarei Costa Leste. Ali vocs iro servir, e sero orientados por neste ponto ele men cionou o nome do evangelista com quem eles queriam estar.

Ele se dedicar a vocs, e ali eu lhes capacitarei para o mi nistrio da cura e trarei o seu manto sobre vocs. Depois de algum tempo ele ir lhes enviar, e eu lhes trarei de volta a esta parte do pas, onde vocs estabelecero um poderoso ministrio de cura.

O pastor disse: John, o casal chorava de alegria e surpresa. Aqueles da nossa congregao que sabiam que eles desejavam trabalhar para este evangelista ou choravam com eles ou olha vam maravilhados pela exatido da sua mensagem.

Quase todos os membros da nossa igreja estavam entusiasmados, exceto mi nha esposa e eu. Ns sabamos que alguma coisa estava errada. Porque o pastor e sua esposa conheciam bem o casal. Eles tinham se sentado com eles durante vrias sesses de aconselhamento conjugal.

Eles tambm estavam preocu pados com o fato de que este casal estivesse excessivamente apaixonado pelo ministrio. Eles no eram atrados tanto pelo desejo de ministrar s pessoas, mas pelos holofotes que acha vam que vinham com o ministrio.

O pastor me contou como o casal comeou a procurar ati vamente uma posio naquele ministrio. O marido por fim. Ali eles conheceram um dos homens de confiana do evangelista e lhe disseram o que Deus tinha colocado nos seus coraes, e o desejo que tinham de servir ao ministrio em qualquer posi o onde houvesse necessidade.

O assistente agradeceu, mas no havia vagas disponveis. Ento, eles esperaram que surgisse uma vaga. Depois de al gum tempo e muito desapontamento, o casal voltou para casa. Nada tinha acontecido. Eles tinham gastado uma boa parte de uma herana que tinham recebido, num esforo para sobre viver, e acabaram perdendo a sua casa. O pastor olhou para mim e perguntou: Voc quer saber o que acho que aconteceu? Eu respondi: Sim! Ele disse: Acho que este homem apareceu, e leu os dese jos no corao do casal, e expressou esses desejos com o rtulo de assim diz o Senhor Eu concordei com ele e disse: Tenho visto essas coisas acon tecendo com freqncia na igreja, e exatamente sobre isso que eu estava falando esta manh.

Recentemente, o pastor me informou que este casal agora est divorciado. A esposa mora na Costa Leste e trabalha em algum tipo de ministrio, sem nenhuma relao com o evangelista, enquanto o marido inconsolvel ainda vive na Costa Oeste. As palavras ditas a este casal foram ditas como se fossem as palavras do Senhor, mas no o eram. A mensagem de Deus teria sido completamente diferente.

Ela teria trazido a verdade curativa que eles precisavam ouvir, e no um mero reflexo dos seus prprios desejos. Deus prosseguiu por meio de Ezequiel Dizer o Senhor diz quando Deus no falou uma eviden te falta de temor do Senhor, e infringe o terceiro mandamento.

No tomars o nome do Senhor, teu Deus, em vo; porque o Senhor no ter por inocente o que tomar o seu nome em vo. Deus repreendeu esses profetas contaminados por inter mdio de Jeremias. No lhes falei a eles; todavia, eles profetizaram. A histria desse casal um dos inmeros incidentes que ouvi ou encontrei; estou certo de que voc poderia acrescentar algum do seu conhecimento.

Agora, ns precisamos pergun tar: Como este ministro pde ser to preciso com este casal, e ainda assim estar to errado? A resposta no to complica da como alguns poderiam pensar.

Em primeiro lugar, perceba que somos seres espiritais, e podemos interagir com outras pessoas. Esta capacidade uma forma de discernimento. Se existe em nossa vida um chamado para o ministrio proftico, ento a capacidade de discernir os coraes das pessoas ser ainda mais forte. Paulo explicou como o dom puro da profecia v a vida dos homens. Ele disse que se ns estamos profetizando e surgir no culto algum cujo corao no justo diante de Deus, de todos julgado.

A seguir, ele disse: Os segredos do seu corao ficaro manifestos, e assim, lanando-se so bre o seu rosto, adorar a Deus 1 Co O dom pro ftico traz consigo a capacidade de expor os pensamentos dos homens. Isso no significa dizer que o discernimento v somente o pecado. Ele reconhecer tambm as caractersticas devotas na vida das pessoas. Filipe trouxe a Jesus um homem cha mado Natanael.

Enquanto se aproximavam, Jesus disse: Eis aqui um verdadeiro israelita, em quem no h dolo. Isso ma ravilhou Natanael, que perguntou: De onde me conheces tu? Jesus respondeu: Antes que Filipe te chamasse, te vi eu es tando tu debaixo da figueira Jo 1. Jesus no estava apenas se referindo ao fato de ter visto Natanael fisicamente debaixo da figueira, mas ao fato de que viu o seu corao e a sua alma por meio do discernimento.

A palavra grega para discerne anakrino. O dicionrio de palavras gregas de Strong define esta palavra assim: escrutinar, investigar, interrogar, determinar. Ou seja, anakrino significa examinar atentamente. Podemos compreender isso em termos de coisas naturais. Mas Paulo no est se referindo a um exame intelectual. Pois ele diz: Assim que, daqui por diante, a ningum conhecemos segun do a carne 2 Co 5.

Ns somos aconselhados a desenvol ver os nossos sentidos espirituais. A Bblia define as pesso as desenvolvidas espiritualmente como aquelas que, em ra zo do costume, tm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal Hb 5. Jesus era to forte em sua capacidade de discernir os pensamentos e intenes dos outros, que no se confiou s pessoas, porque a todos conhe cia, e no necessitava de que algum testificasse do homem, porque ele bem sabia o que havia no homem Jo 2.

Este dom proftico, ou discernimento, pode ser conta minado facilmente. Ento, o dom ainda existe, mas uma mistura. Agora, em lugar de representar o corao de Deus s pessoas e cham-las para os seus caminhos, a pessoa que tem o dom interage com o discernimento e lhes diz o que elas querem ouvir. Por que os ministros fazem isso? A res posta simples. Eles querem a aprovao ou a recompensa do homem. Desejam alguma coisa daqueles a quem esto ministrando, ou daqueles que esto ao lado e observam.

Isso pode significar uma oferta generosa, aceitao, influncia ou a autenticao do seu ministrio. No fundo, um progra ma secreto. Os ministros podem nem mesmo perceber que os seus motivos so carnais.

Comentaremos isso com mais detalhes no captulo Se o homem que ministrou ao casal da Costa Oeste tivesse verdadeiramente ouvido a voz de Deus, a sua mensagem teria ultrapassado o vu carnal dos desejos deste casal e visto os obstculos que havia em seus coraes.

Nem mesmo teria sido necessrio que ele os chamasse o que freqentemente alimenta o desejo de ateno pessoal e iniciasse as suas palavras com assim diz o Senhor A pregao proftica da Palavra de Deus teria penetrado a sua paixo cega pelo ministrio e plantado uma semente de verdade que, se fosse aceita, teria salvado o.

Embora eles no tenham somente aceitado, mas agido de acordo com a mensagem empolgante que recebe ram, isso acabou por lev-los destruio e ao divrcio. A ver dadeira palavra de Deus traz luz as motivaes ocultas e nos condena pela ambio egosta, pelas disputas e pela inveja nas nossas vidas, o que, em ltima anlise, traz a cura. Deus se lamentou por intermdio de Jeremias: No mandei os profetas; todavia, eles foram correndo; no lhes falei a eles; todavia, eles profetizaram.

Mas, se estives sem no meu conselho, ento, fariam ouvir as minhas pala vras ao meu povo, e o fariam voltar do seu mau caminho e da maldade das suas aes. Esse casal pode ter desejado ouvir uma mensagem sobre o ministrio, mas eles precisavam ouvir a palavra de Deus pro clamada. Porque a palavra de Deus viva, e eficaz, e mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra at diviso da alma, e do esprito, e das juntas e medulas, e apta para discernir os pensamentos e intenes do corao.

E no h criatura alguma encoberta diante dele; antes, todas as coisas esto nuas e patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar Hb 4. Observe que nesses versculos a referncia Palavra de Deus feita como a uma pessoa, e no uma coisa. Jesus a palavra viva de Deus, e nada pode se ocultar diante dEle Ap Este homem e sua esposa estavam entusiasmados com o minis trio.

Eles viajavam para ouvir grandes ministros e se apresen tavam voluntariamente nos cultos. De acordo com todas as apa rncias, eles pareciam estar ardendo de entusiasmo por Deus. Somente o seu pastor via as coisas de outra maneira, ou seja, que sob a superfcie havia disputas e egosmo. A primeira vista, eles tinham um grande zelo pelo ministrio; no entanto, a moti vao ou a fundao dos seus coraes estava oculta para os olhos dos homens, mas no da Palavra viva de Deus.

De um lado, ela afasta e separa o sagra do do profano. Simeo disse alguma coisa parecida a Maria e Jos quando eles levaram o menino Jesus ao Templo no oitavo dia. Ele confirmou a Palavra viva de Deus que eles tinham nos braos com as seguintes palavras: e uma espada traspas sar tambm a tua prpria alma.